quarta-feira, maio 28, 2008

Yamato OSP


Esta amostra de superfície da OSP, a Yamato foi a última das minhas aquisições para a caixa de amostras. Com um tamanho de 11, 8 cm para um peso de 28 g, a Yamato é uma lançadora que permite ir buscar o peixe longe. Apresentada em oito cores, eu escolhi neste caso esta branca com reflexos de madre-perola (Ghost Pearl) que me parece ser uma boa opção pela sua polivalência. A Yamato tem um conceito bastante interessante para uma amostra de superfície permitindo várias acções partindo da base de um pencil popper. Tem a capacidade de fazer o tradicional wtd à superfície como também abaixo da camada superficial da água. Ao mesmo tempo uma recuperação linear faz com que ela trabalhe como um swimbait ou seja em "S".

Efttex 2008 Roma

Vai decorrer em Roma, de 13 a 15 de Junho próximo, a feira internacional EFTTEX 2008, onde estarão reunidas as maiores empresas e marcas do mercado da Pesca Desportiva. É uma excelente oportunidade para ver novas novidades e estou certo que o sector do spinning vai ser dos mais espectaculares do certame.

Salão Europeu de Pesca no Mar (Nantes 2008)

Video da feira de Nantes...impressionante!!!

terça-feira, maio 27, 2008

Amostras Jackson

Hoje deixo-vos alguns dados sobre as amostras da marca nipónica Jackson. São amostras que irão entrar brevemente em Portugal e que pelo que vimos no Workshop, têm uma excelente natação e deverão afirmar-se como excelentes apostas.
A Artist 130 é um minnow slim que tem um conceito de "slow floating", ou seja quando paramos a recuperação a amostra regressa à superfície mas com um movimento lento. Apesar de pesar pouco (10,5 g), a sua forma e o sistema de balanceamento de massa permite lançar bem longe com ela. Aconselha-se uma recuperação lenta, intercalada com pequenos toques para tirar o maior proveito da sua grande acção de rolling e wobbling. Tem um comprimento de 13 cm.

A Athlete 14 é o minnow clássico da Jackson e uma das amostras mais procuradas pelos pescadores japoneses para a pesca ao robalo e não só. Tem uma acção que podemos considerar de mistura de rolling com wobbling e sistema de transferência de peso que permite alcançar boas distâncias de lançamento. É uma amostra flutuante que tem 12 cm para um peso de 19g.
A Artoron JF 125 é uma amostra articulada que apresenta a inovação de ter um sistema que permite prender a parte posterior durante o lançamento evitando, dessa forma, o efeito de helicóptero que esta gama de amostras geralmente faz ao lançar. Ganha-se naturalmente em termos de distância de lançamento. Quando a amostra cai na água o mecanismo solta a parte traseira e a amostra trabalha muito bem dentro de água. Tem um comprimento de 12,5 cm e um peso de 14g. É do tipo flutuante.

A Nyoro-Nyoro 135 é uma das amostras mais inovadoras do panorama do spinning e uma das grandes apostas desta marca. É um stickbait que tem uma acção de wobbling lento durante a sua queda e depois quando começamos a recuperação tem comportamentos bastante imprevisiveis que a tornam ideal para zonas de peixe muito pressionado. Tem um comprimento de 12.5 cm para um peso de 13,5 g. É afundante.

A Tanto é uma amostra de superfície que trabalha em walk the dog com a particularidade de poder executar esse movimento também 30 cm abaixo da linha de água, bastando para isso animá-la com a ponteira mais baixa. É uma amostra que lança substancialmente bem. Tem um comprimento de 12 cm para um peso de 20g.


A Pin Tail é uma amostra pequena com elevado peso que lança excelentemente. Deve ser animada com recuperações rápidas. Tem uma densidade próxima do chumbo e afunda muito rapidamente. É uma amostra de procura do peixe (tipo speed fishing). Os seus flancos emitem fortes flashs. Tem um comprimento de 9 cm para um peso de 35g.
Estas amostras serão a minha forte aposta para esta temporada e espero vir a postar aqui no blog os resultados das capturas com elas. Tenho como se costuma dizer "uma grande fezada" na sua capacidade de fazer peixe, pois o seu valor intrínseco é perfeitamente visivel e inquestionavel.

domingo, maio 25, 2008

Um dia a falar de spinning

Realizou-se, ontem dia 24, o primeiro workshop de spinning Bassnbait/Pescadesportiva. O local escolhido para o evento foi o Inatel da Costa da Caparica contando primeiro encontro com a presença de cerca de 30 entusiastas do spinning.



Eu tive a honra e o privilégio de poder partilhar com todos eles algumas das coisas que fui aprendendo nesta modalidade tendo sempre em atenção a questão da preservação e da pesca sustentada.



Mais do que propriamente "ensinar" técnicas ou fórmulas mágicas para apanhar mais robalos a preocupação foi a de procurar transmitir o verdadeiro espiríto do spinning, ou pelo menos, aquilo que eu entendo que deve ser esta modalidade apaixonante.






Foi um dia excelentemente passado, a falar daquilo que tanto gosto e a conhecer novas pessoas também interessadas em mais do que apenas apanhar peixe. A todos os que participaram nesta iniciativa o meu abraço.

quarta-feira, maio 14, 2008

Fragmentos 2

Deixo mais alguns dos fragmentos de beleza que vou encontrando quando vou à pesca. Porque às vezes sabe tão bem o silêncio de apenas observar e disfrutar do que nos rodeia...


É também por isto que continuo a dizer que ir à pesca é muito mais do que apenas pretender apanhar peixe. É comungar destas paisagens e com elas refrescar a alma também.

sexta-feira, maio 09, 2008

Fragmentos

Porque a pesca também tem destes pequenos momentos, verdadeiros fragmentos de uma paz que nos rodeia e nos dá energia para voltar a ir para junto do mar...

Porque a pesca é realmente sempre mais do que apenas apanhar peixe...

quinta-feira, maio 08, 2008

Pescas

Nestes últimos tempos tenho tido umas pescas muito variadas... senão vejam:

Comecei por apanhar uma baila a rondar o quilo com uma Flash 130.
Depois apanhei um robalote de 1.8 kg também com uma Flash 130. Até aqui tudo normal...
Depois vieram as novidades...um carapau à chumbadinha com uma raglou 8.5 verde.
E finalmente...a cereja em cima do bolo...uma "bela" tainha de 900 g com uma Flash 110.

Tem sido engraçado ir à pesca ultimamente.

Workshop spinning