sexta-feira, junho 27, 2008

Uma ida à pesca

Quando a malta se junta para ir à pesca...é sempre uma alegria! Mesmo quando não aparecem os robalos, o pessoal acaba por se rir um bocado e mandar umas bocas uns aos outros...vivem-se bons momentos e são esses momentos que quero deixar aqui neste post...mais uma prova de que ir à pesca não se resume apenas a apanhar uns peixes.


Aqui parte do grupo na amena cavaqueira...o Pedro de dedo em riste continuava com as suas ameaças tentando escapar ao castigo de ter dado uma dica de um pesqueiro mto bom que deu grade a todos...



Aqui os materiais da malta...


O Carlos e o Pedro a comerem umas bolachinhas energéticas para apanhar os peixes...que não existiam!!!


Umas posições menos próprias...



Deixei para o fim esta pérola... lindo! A amizade na pesca, a devoção do aluno ao seu mestre é comovente!!! vejam a carinha do Pedro...

Abraço e boas pescas!

5 comments:

Pedro Russo Baião disse...

Ganda palhaço!!!!!! :)

Mestre, qual Mestre? Dos charrocos? Tenho que por umas fotozinhas tuas menos próprias no meu blog, e outras a indicar a tua verdadeira especialidade em termos de spinning ahahah


Um abraço

MR disse...

Heheh, o Pedro não larga o Mestre, não deixou ir apanhar um papudo... ehheh

Pedro Russo Baião disse...

Miguel, tu não ligues a estes gajos, isto é uma tentativa de golpe de estado.
Como não me conseguem vencer na desportividade do spinning, tentam-me passar por roto.

Haja vergonha meus amigos, e viva a amizade :D:D:D:D

Carlos Fazenda disse...

A falta de peixe preocupa-me... tem efeitos secundários e depois dá nisto....

Certo, certo foram as bolachas e um enorme canavial onde brotaram carretos e amostras.

Agora até podemos fazer advinhas para sabermos com que amostras pescam os mestres. Os mestres e os outros, porra !

O Pedro andou na baila porque bailou de manhã com uma baila.
E nós é que levámos um baile, à noite, por causa da baila do Pedro que o Pedro apanhou?
Dessa ninguém falou,
mas falo eu,
porque foi o unico que não gradou

porra que até rimou, espectáculo!!!

Viva o combibio !!!

CFazenda

Anónimo disse...

... Lindas figuras, sim senhor!

É suposto um mestre ser venerado pelo seu pupilo, mas isto é realmente...Como direi?...Uma estranha cumplicidade, mas enfim!

É isso mesmo rapazes, vale sempre a pena quando a alma não é pequena!

Abração a todos!

Mário Baptista