quarta-feira, abril 15, 2009

Libertar

Acompanhado pelo membro do "Team Robalos nas Ondas" Carlos Fazenda, e pelo amigo Pedro Narciso, fomos à procura dos lobos da areia.
As condições eram perfeitas.
O mar tinha uma cor bonita, estava mexido, mas não demasiado. O céu estava nublado e o vento era nulo.
Os robalos e as bailas tinham que lá andar, pensavamos nós.
Logo ao abrir dos primeiros lançamentos, a Duel Darter, na cor habitual, ferrou-me um bonito robalo da areia.
Depois de uma luta que não durou muito, mas intensa, o robalo lá veio a seco.
Retiradas as fateixas da sua boca, tiraram-se duas fotos, e água com ele.
Não foi pesado nem medido, mas teriam certamente cerca de um kilo.
Insistimos o resto da manhã, mas infelizmente, nem os robalos nem as bailas quiseram colaborar.
Foi uma manhã bem passada, e sabe bem libertar, a meu ver, é o correcto a fazer, depois de nas minhas últimas idas ter cobrado alguns peixes, é altura de agora dar descanso ás capturas, praticando a libertação.
Fizemos um vídeo da libertação, infelizmente a máquina usada não foi muito católica e decidiu não gravar...enfim, deixo aqui uma das fotografias tiradas antes do peixe ter voltado à água.



Vão à pesca, mas pesquem com consciência!

1 comments:

Gouveia disse...

Boa,

parabens Pedro, é de mestre, não é qualquer um que liberta peixes na casa do kilo. Eu nunca o fiz, mas atitudas como a tua incentivam o que o façamos...

Muitos parabens, a serio...

Antonio Gouveia.