sábado, junho 13, 2009

"Robalos nas Ondas" embarcado!

Depois de ter aceite o convite do Francisco Pavia para ir fazer a minha primeira pesca embarcada aos robalos, lá saímos ontem no seu semi-rígido.
Pescámos dentro do Tejo, e pelo menos, não enjoei!
Apesar de termos insistido em sítios diferentes os robalos mostraram-se pouco activos.
A pescar com vinis ainda fiz dois peixes, um com cerca de quilo, e o outro, já com um tamanho simpático da foto abaixo.



Em relação ao material usei a cana da Bass Pro Shops Bionic Blade, de 1,95 metros.
O carreto habitual, Shimano Twinpower 4000 FB, com multi Power Pro 10 libras e baixo de Seaguar AbrazX de 15 libras.
Em relação às amostras usei várias, desde Zoom Super Flukes, aos Megabass X-Layer, sempre em cores com contraste forte, e na cor branca.


Foi uma experiência muito agradável e diferente, que abre um enorme leque de possibilidades ao pescador de amostras que está habituado a pescar de terra, para usar técnicas diferentes, e pescar com outro tipo de amostras e animações.
Sem dúvida, a repetir!

Até ao próximo lance, de barco, ou de terra!

3 comments:

Miguel Pinho disse...

boa tarde amigo Pedro!
antes de mais gostave de o felicitar por mais estas bonitas capturas e espero que continue na volta dos bons resultados.queria aproveitar para lhe fazer uma pergunta, como pessoa mais experiente do que eu, e que é a seguinte: pescar com vinis de noite também resulta? aguardo a sua opinião.obrigado. um abraço e até sempre!

Pedro Russo Baião disse...

Resulta pois! :)
Quando o mar está calmo, ou calmo o suficiente para se sentir os vinis, por vezes pesco com eles à noite.
Tenho apanhado essencialmente bailas com está técnica à noite.
Em zonas de estuário ou zonas portuárias em que as aguas estão quase sempre calmas, penso que resultem sempre, tanto de noite como de dia, com excelentes resultados.
Um dos "cuidados" que tenho à noite é utilizar uma recolha e animações mais lentas.
Em relação às cores, penso que se seguir os conceitos que se aplicam às amostras rígidas, têm-se bons resultados.
No entanto, uma das minhas cores preferidas em vinis para pescar à noite é o branco.

Um abraço, e disponha sempre!

FISGOPEIXE disse...

ora aí esta mais uma bela captura...parabéns..