domingo, janeiro 03, 2010

O efeito helicóptero.

Quando lançamos algumas amostras, elas entram em espiral ou criam o também chamado efeito helicóptero, que pode ser motivado por diversos factores: a distribuição do peso na amostra, amostras articuladas, a sua aerodinâmica e os ventos.

Peso: Nem todas as amostras têm sistema de transferência de massas, fazendo com que o seu maior peso se transfira, durante o lançamento, da "cabeça" para a cauda, provocando, assim, um voo mais equilibrado.

Amostras articuladas: durante o lançamento a amostra vai dobrar-se e provocar mudanças de direcção.

Aerodinâmica: os corpos das amostras não são todos fusiformes, portanto não podemos ter em conta apenas o lançamento a grande distâncias e devemos estar atentos também à hidrodinâmica, que vai causar natações tão diferentes. Outro problema é a existência de palheta na amostra ou a ausência desta, e os vários tipos de palhetas que podem provocar uma maior inércia.

Ventos: são sempre um factor negativo quando queremos lançar uma amostra, principalmente quando se encontram pela frente ou lateralmente (vento pelas costas até pode ser uma ajuda, mas também pode trazer problemas, ao transmitir maior velocidade à amostra, e fazendo com que os passadores da nossa cana percam capacidade de deixar sair tanta linha, provocando cabeleiras) ou correntes de ar provocadas pela rebentação.

Para evitar o efeito helicóptero, algumas vezes conseguimo-lo com um simples lançamento lateral, no entanto se não for suficiente, vamos lançar a amostra sem o efeito de "chicote na cana". Colocando a amostra atrás e fazendo com que ela acompanhe, quase num ângulo de 0º, a cana, vamos rentabilizar melhor a massa total da nossa amostra.
Outra possibilidade é usarmos uma cana de casting. Neste caso, a nossa linha não vai sair em espiral, o que não vai provocar torção e consequentemente vamos aproveitar a massa total da amostra.

Votos de um Bom Ano de 2010 para Todos.

Alexandre Alves

3 comments:

Gouveia disse...

Engraçado falares em helicoptero eheheh.
Pois vou apanhar um bicho muuiito grande com uma amostra tipo helicoptero a la Paiva style eheheeh, se é que me percebes....

Abçs,

Antonio Gouveia.

xandre disse...

Boas, Gouveia

Deves estar a falar dos Paivex(Spinnerbaits), do meu amigo Paiva.


Abraço
xandre

Gouveia disse...

Ehehehe,

estou é a falar os Gouveiexx, na cor Chartreuse Shad inspirados nos Paivex..

Mas é isso mesmo,

Abraços,

Antonio Gouveia.