quarta-feira, junho 02, 2010

A preservação do robalo

2 comments:

Anónimo disse...

Pois,...

De facto o autor pensa bem na preservação do robalo, pesca e liberta, muito bem. Agora diga-me , como vai resolver o defeso e como vai pagar ás lojas de pesca a paragem de dois meses, aos profissionais da pesca artesanal a paragem e a toda a actividade economica ligada á pesca desportiva e profissional, num País á mingua e na bancarrota, com taxas de desemprego e franjas de pobreza cada vez mais abrangentes. Sabe eu tenho uma peixaria e andam-me a pagar senhores da classe media alta e politica despesas de peixe de 100 euros comprado há dois anos a pagarem-me 20 euros por mês e ainda tenho de mandar a minha filha receber á porta pois eu proprio tenho vergonha de receber o que é meu.

Cumprimentos
José Costa

Anónimo disse...

Como resolver o problema das lojas de pesca? É simples... é apenas pensarem e deixarem de parte o pensamento imediatista tão português...
Se o Robalo começar a escacear e acabar.... quem vai comprar canas, amostras etc??? Mais vale parar agora 2 meses do que daqui a uns anos parar totalmente!