segunda-feira, julho 16, 2007

5 Dicas sobre os anzois do corrico

  1. O anzol deve ter o tamanho adequado à amostra em que é aplicado para não prejudicar o seu comportamento natural;

  2. O anzol deve ser resistente ao meio salino, tendo um tratamento anti-corrosão, evitando a sua oxidação e a perda das suas qualidades;

  3. O anzol deve ter um bico bem apurado e bastante resistente para ser eficaz na ferragem e para resistir às prisões nas pedras. Um dos utensílios que devemos ter é um afiador de anzóis (a Rapala tem uma gama bastante interessante);

  4. O anzol deve ter uma cor neutra, tipo branco sujo ou cinzento sem brilho, para que se assemelhe às barbatanas dos peixes;

  5. O anzol deve ser leve para não desequilibrar a amostra, um muito pesado irá dar à amostra um trabalhar menos natural.

0 comments: