domingo, julho 26, 2009

Anchovas nas Ondas

Na noite anterior à minha partida para o Pico tinha decidido que não iria levar nada da pesca para o Pico. Seriam dois dias de reuniões na câmara da Lajes, na câmara de S. Roque do Pico, apresentação pública de um projecto para a Ribeirinha. Não teria tempo para pescas...

Mas depois de ter carregado para o táxi, 2 malas com as caixas do projecto, um tubo gigante com um cartaz feito pela Schema e ainda 1 mala com uma roupita, falei com o taxista e pedi-lhe que esperasse 5 minutos ...

Agarrei no tubo da minha Shimano Aerocast H, 3,00m, de 3 partes, meti numa caixa de amostras 3 de superficie, a minha branquinha, a Zclaw L, uma Sammy 110 e uma Super Spook , 2 Flash, as 3 Seafingers, 1 Duplex, duas Rapalas com palheta grande, para o fundo... uns vinis com cabeçote e duas zagaias de 35 gramas. Levei o Certate, uma tesoura, o alicate, a pinça, as luvas e as botas da Triboard... e claro o saco azul, não fosse ter tempo para lá ir. Dois cadeados na minha mochila hPa e deu 6 kg de carga a mais no check in.

Viva Pico...

O porto da Madalena

Lembrei-me da minha máxima no Pico. "Há tempo para tudo, no Pico há tempo para tudo!" Haveria de conseguir, telefonei ao Ricardo Garcia e pedi-lhe ajuda e ele conseguiu falar com o Simão da Madalena, tudo rapazes do PescacomAmostras.net.

Telefonei ao Simão e combinámos às 6:30 de sexta -feira, na Madalena, no Porto da Madalena.

Reuniões, apresentações, jantar na ponta da Ilha, deitei-me a boas horas, eram só 3:00 horas da manhã de sexta. Mas às 6:30 lá estava eu, podre mas à pesca. O Simão que tivera nas festas da Madalena igualmente podre. Quando lá chegou eram 7:00 e já tinha o meu primeiro peixe dos Açores uma bicuda tirada com a Sammy 110.



O Simão tinha que ir trabalhar e acabámos sentados no café com uma sandes de queijo do Pico.

- Mas, Carlos vou ali mostrar-te um pesqueiro para tirares umas anchovas!!! – disse o Simão

E fomos! Depois levei de volta o Simão à Madalena, ele tinha que ir ... e regressei logo ao pesqueiro que me havia indicado.

Ao terceiro lançamento uma, depois duas e três no saco... três belas anchovas... e de serviço esteve a Seafinger Golden Green Sardine...
era mesmo esta, novinha...
... eram tudo peixes de 1,5 a 2 quilos. Para os picarotos, talvez sejam pequenas, para mim eram enormes. Nunca tal peixe havera visto! Depois do terceiro peixe a minha abençoada amostra foi levada, pelo simples toque do fluorocarbono nos dentinhos de uma anchova... como não ficou a boiar serve agora de brinco.

Passados momentos tive companhia de um senhor de idade de chapéu (ficámos amigos). Chamava-se João, Sr. João, de caniço e moiras (caranguejos pequeninos) com que tirou um belo sargo e talvez uma veija...

Mostrei-lhe os peixes no saco eram 3 anchovas e a bicuda da madrugada...
Depois de perdida a minha amostra com que fizera as 3 anchovas, meti a Branquinha (a Zclaw) e disse ao Sr. João agora vou tirar uma para si !

Saiu, mas saiu com asas! Uma cagarra, uma gaivota linda e enorme que não resistiu aqueles ZZZ.


Tive que a puxar e devolvê-la...


O Sr. João sorriu e eu meti, desta vez a amostra em direcção à Ponta da Ilha do Faial, dei 5 ou 6 maniveladas e vejo um peixão a saltar fora de água, salta fora mais de 1 metro... era uma anchova enorme... foi demais... nunca me tinha acontecido uma coisa daquelas! E foge para a esquerda e foge para a direita... uma luta inesquecível!

- Vamos lá ver se a consegue tirar !!! - disse-me o Sr. João.

Já à beira da água, com os pés de molho em cima da rocha, meto-lhe sem querer a pinça na guelra, o peixe não parava de bater com o rabo na pedra... metia respeito... aqueles dentes e... e nem dava para acreditar a amostra, a minha branquinha estava desfeita! Puxo o peixe para cima da pedra e rebenta-se a veia!!! Coisa de filme de terror! Sangue por todo o lado!!! E a minha branquinha...

Tirámos umas fotos e o Sr. João arrecadou para o seu almoço um belo exemplar.


A minha Branquinha, merece um descanso eterno no meu museu, ao lado da minha Fé!

Mais uns lançamentos, o Sr. João só me perguntou: - Desculpe lá! Mas onde é que se vendem esses peixitos. Olhe, que já há muito tempo que não via nada assim...
Senti-me um senhor!!! Eu um aprendiz...quase mestre...aquilo estava a correr-me bem, muito bem !

E para fim de festa, a cereja do bolo ...
Meto a Duplex, ferro uma bicuda de 20, 30 cm e a 3 metros de mim sai uma anchova, sem brinco, e corta a meio a bicuda... Nem queria acreditar... Imaginem se eu não levo a pinça para tirar os peixes...
Depois acabei no carro a tirar umas fotos aos peixes e fui para casa de um amigo em S. Roque meter a pesca na arca congeladora.




...não queria eu levar as coisas da pesca!

Adeus Pico, vou organizar uma fishing trip para me redimir de ter enviado uma foto a uns amigos com uns peixes feitos à pesca submarina por dois amigos na Calheta e ter posto a cana na boca à Russo... mas isso fica para outro Post...


Boas pescas, boas férias e bons vídeos para o nosso concurso!

Quero por último, agradecer ao Simão a dica do pesqueiro!

7 comments:

Anónimo disse...

bela pesca amigo carlos fico contente de lhe ter indicado um bom pesqueiro, onde tirou uns bons peixes...simao lol

Gouveia disse...

Pois, pois.

Como diz um amigo meu do Faial, são animais do demonio.......Atacam, arrancam com uma força tal que arrancam tudo e levam tudo á frente....são peixes realmente de sonho.
Gostei do detalhe da zclaw, ver se faço um zoom ás minhas zagaias para que se tambem possa ver o que fazem no metal. São peixes inacreditaveis, consigo ter mais ou menos ideia do que sentiste, mas cada peixe é um peixe e visto não ter feito nenhuma ao spinning serei obrigado a alinhar nessa fishingtrip hihihihihii, vamos a eles......

Gouveia.

FISGOPEIXE disse...

lindo..cheio de emoções fortes..é o sitio que nunca tive o prazer de visitar, infelizmente..

Pedro Conceição disse...

Grande relato Carlos, parabens pelas excelentes pescarias.
Deve ser uma adrenalina do caraças tirar peixes desses.

Um abraço

Zebu44 disse...

Boas

Bela pesca. Estou em pulgas para aterrar ;)

AB
Nuno

André disse...

Mas que grande relato caro Carlos!

Se quando fui aos Açores à 3 anos atrás eu já pescasse ao Spinning eu nem quero imaginar!

Muitos parabéns pela bela pescaria, pelo relato e pelas fotos! Esses peixes são brutais :)!

Abraço

Gouveia disse...

Carlos,

marca lá a spinning trip, olha o que por lá anda....

http://www.faialterramar-pesca.blogspot.com/

Ai, ai , ai, onde me fui meter....raios partam o terrivel do vicio.

Abçs.